Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucionais > Governador anuncia aumento da gratificação do serviço voluntário durante Operação Prioridade
Início do conteúdo da página

Governador anuncia aumento da gratificação do serviço voluntário durante Operação Prioridade

Publicado: Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 01h23 | Última atualização em Segunda, 04 de Fevereiro de 2019, 19h08 | Acessos: 3959

A Polícia Militar do Distrito Federal participou, na tarde desta sexta-feira (11), na Praça do Buriti, do lançamento da 4ª etapa da Operação Prioridade. Estiveram presentes no evento a Comandante-Geral da PMDF, Coronel Sheyla, o Subcomandante-Geral da PMDF, Coronel Sérgio, o Secretário de Segurança Pública, Anderson Torres, entre outras autoridades, como o Vice-Governador do DF, Paco Brito, o Diretor-Geral do Departamento de Trânsito, Fabrício Moura, o Diretor da Polícia Civil, Robson Cândido, o Comandante do Corpo de Bombeiros, Coronel Emilson Ferreira e o Chefe da Casa Militar do GDF, Coronel Júlio César.

A 4ª etapa da Operação Prioridade faz parte do Programa S.O.S Segurança, lançado pelo Governador Ibaneis Rocha, que tem como objetivo proporcionar a segurança e reduzir a criminalidade em toda a região do Distrito Federal. As primeiras regiões atendidas foram Ceilândia, Samambaia e Planaltina. Hoje (12) o foco será toda a região central de Brasília.

O resultado da operação tem sido muito positivo. Já foram mais de mil pessoas abordadas, uma média de 40 prisões/apreensões, cinco armas de fogo retiradas de circulação, cerca de 150 veículos/ônibus abordados, celulares e bicicletas recuperados, diversas apreensões de drogas e três mandados de prisão cumpridos.

Participaram da Operação, entre outros, o Batalhão de Operações Especiais (BOPE), Batalhão de Choque (BPChoque), Batalhão com Cães (BPCães), Rotam, Grupo Tático Operacional (GTOP), Batalhão de Trânsito (BPTran) e o Regimento de Polícia Montada (RPMon).

Durante o lançamento da operação, o Governador aproveitou a oportunidade para anunciar o aumento do Serviço Voluntário Gratificado da PMDF, passando de 300 reais para 400 reais. Com essa medida o GDF pretende ter mais policiais nas ruas: “São mais de 25 mil horas mensais da Polícia Militar que serão colocadas à disposição da sociedade para combater a criminalidade. Espera-se, com essa medida, trazer em torno de 300 policiais para as ruas do Distrito Federal”, disse Ibaneis. O Governador também anunciou a criação de um grupo de estudos com representantes de todos os órgãos de segurança para estudo de como conceder o reajuste salarial.

Com o objetivo de retomar os valores cívicos para as crianças, o chefe do executivo disse que irá criar escolas militares, num convênio entre Polícia Militar e Secretaria de Educação, visando a melhora do nível educacional. De início, serão quatro escolas nas cidades de Ceilândia, Recanto das Emas, Estrutural e Sobradinho.

Após o pronunciamento, todo o aparato de segurança pública presente na Praça do Buriti seguiu para região Central de Brasília, onde está sendo realizada a Operação Prioridade.

BALANÇO

O principal objetivo da operação - o de aumentar a sensação de segurança da população - foi alcançado, e nenhuma ocorrência grave foi registrada na área central de Brasília.

Foram realizadas 950 abordagens a pedestres, 636 veículos foram abordados, 20 flagrantes de transporte irregular de passageiros, 753 notificações diversas de trânsito e 47 flagrantes de alcoolemia. Um homem foi detido por tráfico de substância entorpecente, um veículo roubado recuperado, um mandado de prisão cumprido e um homem detido por receptação.

Veja fotos da Operação S.O.S Segurança:

Governador ao lado da Comandante-Geral da PMDF

 

Fim do conteúdo da página