Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucionais > Governador anuncia aumento da gratificação do serviço voluntário durante Operação Prioridade
Início do conteúdo da página

Governador anuncia aumento da gratificação do serviço voluntário durante Operação Prioridade

Escrito por Fabiano Lopes | Publicado: Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 01h23 | Última atualização em Segunda, 04 de Fevereiro de 2019, 19h08 | Acessos: 3399

A Polícia Militar do Distrito Federal participou, na tarde desta sexta-feira (11), na Praça do Buriti, do lançamento da 4ª etapa da Operação Prioridade. Estiveram presentes no evento a Comandante-Geral da PMDF, Coronel Sheyla, o Subcomandante-Geral da PMDF, Coronel Sérgio, o Secretário de Segurança Pública, Anderson Torres, entre outras autoridades, como o Vice-Governador do DF, Paco Brito, o Diretor-Geral do Departamento de Trânsito, Fabrício Moura, o Diretor da Polícia Civil, Robson Cândido, o Comandante do Corpo de Bombeiros, Coronel Emilson Ferreira e o Chefe da Casa Militar do GDF, Coronel Júlio César.

A 4ª etapa da Operação Prioridade faz parte do Programa S.O.S Segurança, lançado pelo Governador Ibaneis Rocha, que tem como objetivo proporcionar a segurança e reduzir a criminalidade em toda a região do Distrito Federal. As primeiras regiões atendidas foram Ceilândia, Samambaia e Planaltina. Hoje (12) o foco será toda a região central de Brasília.

O resultado da operação tem sido muito positivo. Já foram mais de mil pessoas abordadas, uma média de 40 prisões/apreensões, cinco armas de fogo retiradas de circulação, cerca de 150 veículos/ônibus abordados, celulares e bicicletas recuperados, diversas apreensões de drogas e três mandados de prisão cumpridos.

Participaram da Operação, entre outros, o Batalhão de Operações Especiais (BOPE), Batalhão de Choque (BPChoque), Batalhão com Cães (BPCães), Rotam, Grupo Tático Operacional (GTOP), Batalhão de Trânsito (BPTran) e o Regimento de Polícia Montada (RPMon).

Durante o lançamento da operação, o Governador aproveitou a oportunidade para anunciar o aumento do Serviço Voluntário Gratificado da PMDF, passando de 300 reais para 400 reais. Com essa medida o GDF pretende ter mais policiais nas ruas: “São mais de 25 mil horas mensais da Polícia Militar que serão colocadas à disposição da sociedade para combater a criminalidade. Espera-se, com essa medida, trazer em torno de 300 policiais para as ruas do Distrito Federal”, disse Ibaneis. O Governador também anunciou a criação de um grupo de estudos com representantes de todos os órgãos de segurança para estudo de como conceder o reajuste salarial.

Com o objetivo de retomar os valores cívicos para as crianças, o chefe do executivo disse que irá criar escolas militares, num convênio entre Polícia Militar e Secretaria de Educação, visando a melhora do nível educacional. De início, serão quatro escolas nas cidades de Ceilândia, Recanto das Emas, Estrutural e Sobradinho.

Após o pronunciamento, todo o aparato de segurança pública presente na Praça do Buriti seguiu para região Central de Brasília, onde está sendo realizada a Operação Prioridade.

BALANÇO

O principal objetivo da operação - o de aumentar a sensação de segurança da população - foi alcançado, e nenhuma ocorrência grave foi registrada na área central de Brasília.

Foram realizadas 950 abordagens a pedestres, 636 veículos foram abordados, 20 flagrantes de transporte irregular de passageiros, 753 notificações diversas de trânsito e 47 flagrantes de alcoolemia. Um homem foi detido por tráfico de substância entorpecente, um veículo roubado recuperado, um mandado de prisão cumprido e um homem detido por receptação.

Veja fotos da Operação S.O.S Segurança:

Governador ao lado da Comandante-Geral da PMDF

 

Fim do conteúdo da página