Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Equipe de policiais do Paranoá se destaca por prender suspeito de estupro

Escrito por Wagner Pires | Criado: Sexta, 21 de Maio de 2021, 09h02 | Última atualização em Sexta, 21 de Maio de 2021, 21h29 | Acessos: 583

A Equipe Destaque da semana pertence à radiopatrulha (RP) do 20° Batalhão de Polícia Militar do Distrito Federal, responsável pela área do Paranoá e Itapoã. Formada pelo Sargento Cipriano e os Soldados M. Diniz e Fernanda Souza, a equipe se destacou pela prisão de três suspeitos de Crime de estupro de vulnerável.

O aspirante Victor, que conduziu a ocorrência, conta que na manhã do dia 2 de maio, a equipe recebeu um chamado para ir ao Hospital Regional do Paranoá (HRPA) pois uma criança havia dado entrada como possível vítima de estupro.

Ao chegar ao hospital, os policiais militares souberam pela equipe de enfermagem que havia no garoto diversas lesões na região intima, além de Doença Sexualmente Transmissível (DST).

A mãe do garoto disse que ele havia chegado do Novo Gama - GO na noite anterior. Ela relatou que ele estava com a avó e a tia na cidade e que as vezes ia "brincar" com um tio-avô (53).

A tia, moradora do Novo Gama, relatou que seu filho apresentava incômodos nas regiões íntimas.

“Perguntamos onde essas crianças iam brincar e ela disse que era com esse mesmo tio-avô. Perguntamos sobre o paradeiro dele e ela informou aonde ele estaria trabalhando naquela hora”, disse o aspirante Victor. E explicou “como as lesões eram recentes (da noite anterior) e soubemos de mais possíveis vítimas, fomos até o Novo Gama para prender o autor dos crimes”.

A Equipe do 20° Batalhão fez contato com Policiais do Novo Gama - GO, da PMGO que prestaram total apoio, do início ao fim, a fim de localizar e prender o autor.

Os polícias militares localizaram o suspeito no trabalho, prendendo-o e depois foram à casa dele para diligência, onde encontraram mais dois menores, um de 13 anos e outro de 16 anos. Segundo o aspirante Victor o de 13 anos era uma criança, moradora de rua, que também estava sendo abusada pelo criminoso. A suspeita é que o menor de 16 anos também estuprava e participava dos crimes.

Rede de Pedofilia

Com a ação, os policiais militares desmantelaram uma rede de pedofilia que o autor comandava. “Em sua residência foram encontrados diversos Pen Drives, que foram encaminhados para a PCGO para análise”, ressaltou o aspirante.

Destaque

Vale destacar a experiência do Sargento Cipriano, com mais de 10 anos de corporação na PMDF. A proatividade do Soldado M Diniz, oriundo do CFP VI e o trato, da policial feminina, Soldado Fernanda Souza, em conversar com as crianças e amenizar a situação junto às mães das vítimas.

O balanço parcial da ação conta com um total de 3 detidos: o tio-avô, que comandava o esquema, e outros 2 menores de 16 e 17 anos que também participavam como autores. Por enquanto foram confirmados um total de 3 crianças abusadas. Segue investigação ao longo dos próximos dias com a Polícia Civil.

A Polícia Militar do Distrito Federal parabeniza à equipe pelo empenho e pelos resultados obtidos. Também aproveita o ensejo para agradecer e parabenizar a equipe da Polícia Militar de Goiás (PMGO) pelo apoio efetivo nas prisões dos suspeitos.

Texto: Karina linhares

Fim do conteúdo da página