Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Passagem de comando do Regimento de Polícia Montada

Escrito por Pedro Pinheiro Junior | Criado: Sexta, 01 de Outubro de 2021, 15h13 | Última atualização em Sexta, 01 de Outubro de 2021, 15h13 | Acessos: 208

A cerimônia de passagem de comando do Regimento de Polícia Montada (RPMon) foi realizada na manhã desta sexta-feira (01), na sede da unidade no Riacho Fundo. O tenente-coronel Leonardo Siqueira dos Santos passou o comando da unidade para o tenente-coronel Jamilson José Batista de Moura.

Foto: Paulo Jamir

O novo comandante do RPMon, TC Jamilson, é possuidor do Curso de Policiamento Montado e do Curso de Operações de Choque Montado, já comandou o então 1º RPMon de março de 2017 à setembro de 2020, durante o então Comando de Policiamento Montado. Ele estava comandando o 12º Batalhão de Polícia Militar, Batalhão Judiciário.

O novo comandante fez questão de montar na égua Flor do Oriente, que foi a primeira égua montada por ele quando chegou pela primeira vez no regimento de cavalaria em 2009, contou o Comandante-Geral da PMDF, Coronel Marcio Cavalcanti Vasconcelos.

Foto: Fabbri Pinho

O Secretário de Segurança Pública, Júlio Danilo, falou sobre a importância do batalhão e suas missões: “Sabemos da nobre missão e da grande diferença que faz o batalhão de polícia montada em Brasília, não só no policiamento preventivo, mas também no controle de distúrbios civis”.

 

  

Um pouco de história

A espada do patrono do Regimento de Polícia Montada, coronel Francisco Rabelo Leite Neto, é o símbolo máximo do comandante do Regimento de Polícia Montada, sendo repassada para o RPMon pela senhora Teresinha Rabelo, esposa do patrono. Durante o período em que comandou a PMDF, o então coronel Rabelo envergou com orgulho e altivez a farda da PMDF e a espada, que hoje foi passada para as mãos do tenente-coronel Jamilson, comandante que assumiu o RPMon.

 

 

Fotos: Paulo Jamir

Fim do conteúdo da página