Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Turma de caveiras comemora dez anos de formação no Curso de Operações Especiais

Escrito por Alan Borges | Criado: Domingo, 21 de Novembro de 2021, 17h39 | Última atualização em Domingo, 21 de Novembro de 2021, 17h39 | Acessos: 528

A décima primeira turma do Curso de Operações Especiais da Polícia Militar do Distrito Federal (Coesp - PMDF) celebrou os dez anos de formação neste sábado (20). Os seis meses de curso foram lembrados no almoço que reuniu os militares e suas famílias em uma chácara no Incra 9. A turma é composta por 14 policiais militares brasileiros e três da polícia do Panamá.

De acordo com o comandante do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPMA), tenente-coronel Fábio Pereira, o Coesp de 2011 foi um divisor de águas. “O curso consolidou a modalidade de formação com módulos externos, percorrendo os estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul”, conta. “Ele foi o único dessa modalidade que formou discentes de uma polícia internacional”.

Na edição de 2011, a caveira foi conquistada por dez integrantes da PMDF, dois da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, um da Polícia Militar do Mato Grosso e outro da Polícia Militar de Rondônia, além dos três panamenhos. O tenente-coronel Fábio Pereira foi o subcoordenador do curso.

A conquista da almejada caveira é privilégio destinado a poucos. Ela é entregue a um seleto grupo de policiais disciplinados e altamente treinados para situações de risco e de extremo rigor.

Fim do conteúdo da página