Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Leilão de 203 Veículos da PMDF

Escrito por Eduardo Soares | Criado: Quinta, 17 de Novembro de 2022, 18h31 | Última atualização em Quinta, 17 de Novembro de 2022, 20h00 | Acessos: 5871

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), torna público que será realizado leilão de 203 viaturas de propriedade da PMDF, consideradas inservíveis para a corporação.

Visitação:

Todos os bens se encontram no setor de áreas isoladas (SAISO) quadra 03, Setor Policial Sul – interior do Batalhão de Choque da PMDF e no depósito do centro de material bélico da PMDF – Asa Sul, Brasília – DF.

O período de visitação será nos dias 21, 22 e 23 de novembro de 2022, em dias úteis, das 09h às 17hs.

Nos dias do leilão não haverá exposição/visitação dos bens. O catálogo oficial de leilão estará disponível nos locais de visitação, e cópias para impressão no site https://www.parquedosleiloes.com.br/leilao/1057/detalhes e no site www.pm.df.gov.br.

 A disponibilização de acesso aos lances on-line dos itens de números 001 a 203 (automóveis e motocicletas), se iniciaram no dia 09 de novembro de 2022 (quarta-feira), no sítio eletrônico https://www.parquedosleiloes.com.br, a partir das 09h, com encerramento programado, respectivamente, a partir das 10h do dia 25 de novembro de 2022 (sexta-feira).

Somente será permitida a entrada de pessoas que estejam trajando calça, saias ou vestidos condizentes com o ambiente, calçado fechado e/ou aberto, desde que adequado ao local militar e camisa com manga no local de visitação dos bens, não sendo ainda, permitida a entrada de pessoas com capacete, mochilas ou similares, bem como com animais (excetuados cães-guias) e nem pessoas armadas, salvo os agentes públicos que apresentem o devido porte de armas.

Observação: os bens serão vendidos no estado de conservação e nas condições em que se encontram (ad-corpus), inclusive em relação à identificação, gravação ou condições dos veículos, seja de uso do motor, câmbio e demais agregados, com vícios ou defeitos, ocultos ou não, ficando a regularização e eventuais despesas por conta e risco do arrematante, pressupondo-se que tenham sido previamente examinadas pelos licitantes.

Fim do conteúdo da página